Usar este guia para melhoria de qualidade

Para além de listar os componentes básicos da gestão de um serviço de ARVBC para HSH e de garantir que estes estão em funcionamento, é possível utilizar este guia para desenvolver o seu serviço e criar abordagens inovadoras.

Enquanto a garantia de qualidade garante que cumpre os critérios essenciais para alcançar os seus objetivos, a melhoria de qualidade permite-lhe aumentar a sua capacidade de alcançar e superar esses mesmos critérios e aumenta a probabilidade de atingir os seus objetivos. As ferramentas de melhoria de qualidade são desenhadas para conduzir a mudanças, independentemente do ponto a partir do qual se parte; têm como objetivo uma melhoria e inovação contínuas que vão além dos critérios reconhecidos (que poderão ou não existir).

Nas checklists, a pergunta “Está a funcionar como pretendido?” e a sua resposta serão os primeiros passos para uma melhoria estruturada da qualidade do serviço. Pode usar as Self-evaluation Grids do Euro HIV EDAT como ponto de partida. Nas secções de “melhoria de qualidade”, poderá encontrar referências sobre outras ferramentas de melhoria de qualidade que se adequam a cada um dos tópicos.

As ferramentas de melhoria de qualidade disponíveis em www.qualityaction.eu são baseadas nos princípios de autoreflexão e participação. Ou seja, defendem a existência de um bom ambiente de trabalho que permita que vários stakeholders possam participar, refletir sobre as suas práticas e ter ideias novas e inovadoras para melhorar todos os aspetos do projeto. A participação das populações chave é especialmente importante de forma a aumentar o seu alcance e maximizar a acessibilidade.

O envolvimento das populações chave na melhoria de qualidade e inovação pode ser particularmente benéfico para os serviços que se dirigem a grupos mais desfavorecidos, sendo, por isso, relevante para os serviços de ARVBC dirigidos a HSH. Muitos dos serviços de ARVBC europeus já existentes utilizaram as ferramentas Succeed e PQD (Participatory Quality Development) e documentaram as suas experiências em pequenos estudos de caso. Poderá pesquisá-los na base de dados em www.qualityaction.eu.