COMO USAR / AJUDAR

  • Checklists, orientação e ferramentas, planos de ação

    Cada tópico deste guia tem os seguintes elementos:

    1. Descrição: define o tópico e indica se este será abordado de forma abrangente ou detalhada.
    2. Checklist: avalia o modo como se está atualmente a trabalhar o tópico. Utiliza as mesmas questões para avaliar cada um dos tópicos. A checklist inclui ligações para textos de orientação e aconselhamento que permitirão melhorar um determinado aspeto. Também permite documentar as ações de melhoria escolhidas no plano de ação que se encontra no final de cada secção.

    Indique a sua resposta a cada questão escolhendo o verde para SIM, amarelo para PARCIALMENTE e vermelho para NÃO. Poderá deixar uma questão em branco se achar que esta não se aplica, mas recomendamos que indique o motivo. 

    Se escolher o amarelo ou vermelho, isso indica que poderá melhorar esse item. Quanto mais à esquerda da checklist as respostas a vermelho ou amarelo estiverem, mais urgente é a necessidade de as melhorar. 

    Poderá encontrar informação, orientação e ferramentas para melhorar as suas respostas seguindo as ligações. 

    Se escolher ações, indique-as no espaço existente na última coluna e clique para as transferir para o plano de ação. 

    A checklist terá este aspeto.

    Item O seu serviço de ARVBC tem isto em prática? Existe um padrão, diretriz, plano, política, procedimento, contrato ou acordo documentado? Está adaptado às condições e necessidades locais? Está a funcionar como pretendido? Ação
    Item 1 Clique aqui para seleccionar verde/amarelo ou vermelho

    Clique aqui para Descrição

    Clique aqui para seleccionar verde/amarelo ou vermelho

    Clique aqui para Orientação

    Clique aqui para seleccionar verde/amarelo ou vermelho

    Clique aqui para Adaptação

    Clique aqui para seleccionar verde/amarelo ou vermelho

    Clique aqui para Melhoria de Qualidade

    Indique aqui a(s) sua(s) ação(ações)

    Clique aqui para transferir para o Plano de Ação

    Item 2 Clique aqui para seleccionar verde/amarelo ou vermelho

    Clique aqui para Descrição

    Clique aqui para seleccionar verde/amarelo ou vermelho

    Clique aqui para Orientação

    Clique aqui para seleccionar verde/amarelo ou vermelho

    Clique aqui para Adaptação

    Clique aqui para seleccionar verde/amarelo ou vermelho 


    Clique aqui para Melhoria de Qualidade

    Indique aqui a(s) sua(s) ação(ações)

    Clique aqui para transferir para o Plano de Ação

    Item 3 Clique aqui para seleccionar verde/amarelo ou vermelho

    Clique aqui para Descrição

    Clique aqui para seleccionar verde/amarelo ou vermelho

    Clique aqui para Orientação

    Clique aqui para seleccionar verde/amarelo ou vermelho

    Clique aqui para Adaptação

    Clique aqui para seleccionar verde/amarelo ou vermelho

    Clique aqui para Melhoria de Qualidade

    Indique aqui a(s) sua(s) ação(ações)

    Clique aqui para transferir para o Plano de Ação

    1. Orientação e ferramentas: Estas secções só irão aparecer se clicar nas ligações da checklist. Estas fornecem informações detalhadas e conselhos para cada um dos itens e exemplos de práticas de ARVBC. Podem conter os seguintes pontos:
    • Uma explicação, incluindo o reconhecimento de pontos de vista divergentes ou de debates atuais;
    • Orientação de especialistas e ligações para documentos de boas práticas;
    • Indicadores para adaptação local sobre o que é essencial e o que pode ser adaptado, incluindo exemplos e, sempre que aplicável, opções para reduzir custos;
    • Modelos simples que podem ser adaptados para uso no seu serviço de ARVBC;
    • Recomendações para métodos de melhoria de qualidade e ferramentas adequadas para o tópico.
    1. Plano de ação: uma tabela que resume automaticamente as ações que indicou na última coluna da checklist. Inclui questões de planeamento para as integrar mais facilmente na sua gestão operacional no dia a dia.

    Pode preencher o plano de ação e guardá-lo ou imprimi-lo depois, ou pode imprimi-lo agora e preenchê-lo mais tarde. 

    Item O que será feito? Quem o fará? Quando? Como será monitorizado?
    (Transferido da checklist)
  • Usar este guia para planeamento

    Este guia cobre componentes fundamentais e complementares da gestão de um serviço de ARVBC para HSH. Pode usar as checklists no guia para se orientar no planeamento operacional do seu serviço de ARVBC:

    1. Use a coluna “Item” como uma lista de coisas por fazer;
    2. Indique nas colunas ao lado as tarefas que devem ser terminadas. Por exemplo: encontrar ou desenhar orientações, diretrizes ou procedimentos, negociar contratos e acordos, sempre que aplicável;
    3. Certifique-se que cada item na coluna seguinte está adaptado ao seu contexto local;
    4. Salte a coluna “Está a funcionar como pretendido?” até que o seu serviço de ARVBC esteja a funcionar há um período suficientemente longo e até ter dados e experiência suficiente para o avaliar;
    5. Use a coluna “Ação” para monitorizar o seu processo de planeamento e preencha quaisquer falhas.

    As secções “Orientação e ferramentas” para cada um dos tópicos referem-se a exemplos e a documentos já existentes, ou então fornecem modelos que pode usar ou adaptar ao seu serviço de ARVBC.

    Nota:

    • Pode usar este guia deste modo mesmo depois de ter iniciado o trabalho – por vezes é necessário agir sem muito planeamento se se estiver sob pressão para disponibilizar serviços. Este guia pode ajudar a consolidar todos os aspectos de trabalho de serviços de ARVBC em qualquer momento do desenvolvimento do mesmo.
    • Este guia é orientado para a prática. Não cobre a lógica que documenta os motivos por trás da decisão estratégica de criar um serviço de ARVBC. Normalmente isso inclui o desenvolvimento dos objetivos gerais, objetivos específicos e indicadores de avaliação baseados em dados epidemiológicos e demográficos, necessidades e análise da situação, bem como referências a importantes documentos estratégicos ou planos de ação, como os planos nacionais para a infeção pelo VIH ou planos organizacionais.
      Existem muitas ferramentas de planeamento úteis que podem orientar a lógica de seu programa de ARVBC, como por exemplo:

    Ferramentas 1 a 3 no guia do CDC  HIVTestingImplementationGuide_Final, disponível em:

    http://www.cdc.gov/hiv/testing/nonclinical/

    Recursos de mapeamento de intervenções, disponível em:

    www.interventionmapping.com

    Os métodos SMART Criteria, ZiWi e Programme Logic no âmbito da ferramenta Participatory Quality Development (PQD), disponível em:  www.qualityaction.eu.

  • Usar este guia para garantia de qualidade

    Os tópicos neste guia e os itens em cada checklist formam um padrão básico para operar um serviço de ARVBC de acordo com as atuais práticas e com os conselhos de especialistas na Europa. Pode, por isso, utilizar este guia como uma ferramenta de garantia de qualidade.

    Tenha em conta que os padrões e ferramentais de garantia de qualidade formais podem aplicar-se a aspectos em particular do trabalho de um serviço de ARVBC, tal como controlo de infeções, gestão de dados, eliminação de resíduos, etc. Estes factores variam de acordo com as regulamentações locais e este guia não cobre ou substitui quaisquer obrigações legais que possa ter na qualidade de responsável por um serviço de ARVBC na sua região.

    Se desejar utilizar este guia como garantia de qualidade, os tópicos “Ambiente operacional”, Serviços de ARVBC” e “Aconselhamento e ligação aos cuidados de saúde” são de inclusão essencial numa avaliação inicial. Pode incluir outros posteriormente para uma avaliação mais exaustiva.

    Este guia não foi concebido ou validado para fornecer avaliações de qualidade, mas as suas respostas nas checklist indicam se o seu serviço de ARVBC tem os pré-requisitos para prestar um serviço de qualidade:

    • Se as suas respostas são verdes na primeira coluna (“O seu serviço de
      ARVBC tem isto em prática?”) e verdes ou amarelas na segunda (“Existe um padrão, diretriz, plano, política, procedimento, contrato ou acordo documentado?”), isso é um indicador de que o seu serviço de ARVBC está capaz de operar de acordo com um nível básico de qualidade;
    • Se as suas respostas forem verdes nas primeiras duas colunas e verdes ou amarelas na terceira (“Está adaptado às condições e necessidades locais?”), isso é um indicador de que o seu serviço de ARVBC cobre os elementos básicos de um serviço de qualidade e tem potencial para alcançar a sua população chave e cumprir os seus objetivos;
    • Uma resposta vermelha na primeira coluna (“O seu serviço de
      ARVBC tem isto em prática?”) indica que está ausente uma componente fundamental de um serviço de ARVBC. Uma resposta vermelha na segunda (“Existe um padrão, diretriz, plano, política, procedimento, contrato ou acordo documentado?”) ou terceira coluna (“Está adaptado às condições e necessidades locais?”) indica que uma das componentes não tem uma base suficientemente confiável ou que pode não ser a mais adequada para funcionar no contexto local.

    Para além das grelhas especializadas das Self-Assessment Grids do Euro HIV EDAT, existem ferramentas de garantia e melhoria de qualidade mais abrangentes que podem avaliar a qualidade do seu serviço de ARVBC enquanto serviço de prevenção da infeção pelo VIH. Pode utilizar a ferramenta Succeed para uma autoavaliação ou a ferramenta QIP para uma avaliação externa que inclui recomendações específicas feitas por especialistas. Poderá encontrar ambas as ferramentas, incluindo mais informação e recursos online em www.qualityaction.eu.

    Veja também “Melhoria de qualidade e inovação” para mais informações.

  • Usar este guia para melhoria de qualidade

    Para além de listar os componentes básicos da gestão de um serviço de ARVBC para HSH e de garantir que estes estão em funcionamento, é possível utilizar este guia para desenvolver o seu serviço e criar abordagens inovadoras.

    Enquanto a garantia de qualidade garante que cumpre os critérios essenciais para alcançar os seus objetivos, a melhoria de qualidade permite-lhe aumentar a sua capacidade de alcançar e superar esses mesmos critérios e aumenta a probabilidade de atingir os seus objetivos. As ferramentas de melhoria de qualidade são desenhadas para conduzir a mudanças, independentemente do ponto a partir do qual se parte; têm como objetivo uma melhoria e inovação contínuas que vão além dos critérios reconhecidos (que poderão ou não existir).

    Nas checklists, a pergunta “Está a funcionar como pretendido?” e a sua resposta serão os primeiros passos para uma melhoria estruturada da qualidade do serviço. Pode usar as Self-evaluation Grids do Euro HIV EDAT como ponto de partida. Nas secções de “melhoria de qualidade”, poderá encontrar referências sobre outras ferramentas de melhoria de qualidade que se adequam a cada um dos tópicos.

    As ferramentas de melhoria de qualidade disponíveis em www.qualityaction.eu são baseadas nos princípios de autoreflexão e participação. Ou seja, defendem a existência de um bom ambiente de trabalho que permita que vários stakeholders possam participar, refletir sobre as suas práticas e ter ideias novas e inovadoras para melhorar todos os aspetos do projeto. A participação das populações chave é especialmente importante de forma a aumentar o seu alcance e maximizar a acessibilidade.

    O envolvimento das populações chave na melhoria de qualidade e inovação pode ser particularmente benéfico para os serviços que se dirigem a grupos mais desfavorecidos, sendo, por isso, relevante para os serviços de ARVBC dirigidos a HSH. Muitos dos serviços de ARVBC europeus já existentes utilizaram as ferramentas Succeed e PQD (Participatory Quality Development) e documentaram as suas experiências em pequenos estudos de caso. Poderá pesquisá-los na base de dados em www.qualityaction.eu.